Campanha de produção de pinha 2011/2012

Votos:  / 0
FracoBom 

Na sequência de notícias vinda a público sobre a sustentabilidade da produção de pinha em Portugal, entende a UNAC – União da Floresta Mediterrânica apresentar os seguintes esclarecimentos ao mercado e aos seus operadores: produtores, prestadores de serviços, industriais e comerciantes.

1. A Campanha de 2010/2011 foi uma campanha de produção recorde em Portugal, e já a campanha de 2009/2010 foi também de boa produção;

2. A produção de pinha caracteriza-se por ciclos de produção de 4 anos, geralmente com dois picos de produção intervalados com dois anos de contra-safra;

3. A campanha de 2011/2012 é obviamente uma campanha de contra-safra, em que a produção esperada é substancialmente inferior à de 2010/2011;

4. Em Novembro de 2010 foi detectado o insecto Leptoglossus occidentalis na zona de Setúbal;

5. Como medida de precaução foi implementado um plano de monitorização desta espécie e do estudo do seu ciclo de vida, envolvendo o Instituto Nacional de Recursos Biológicos e a UNAC;

6. Com base na rede de armadilhas de monitorização nacional do Nemátodo da Madeira do Pinheiro, gerida pela AFN – Autoridade Florestal Nacional, foi detectado o insecto Leptoglossus occidentalis em 22 das cerca de 2000 armadilhas instaladas;

7. A UNAC através da suas associadas monitorizou durante a campanha de 2010/2011 o rendimento das pinhas em pinhão branco sendo os valores observados valores normais;

8. O INRB recebeu e analisou amostras de pinhas provenientes da produção e da indústria sem que detectasse estragos que se pudessem classificar como resultantes da acção do insecto Leptoglossus occidentalis;

9. Em 30/11/2011 reuniu em Valladolid um comité de peritos investigadores Portugueses, Espanhóis e Italianos que foi inconclusivo quanto à existência, à data de hoje, de dados concretos relativos aos danos provocados por este insecto.

Estes são os factos reais sobre a situação do Pinheiro Manso e as perspectivas para a campanha de produção de pinha de 2011/2012 em Portugal:

- A produção esperada para a campanha de 2011/2012 é inferior à produção obtida em 2010/2011, num comportamento absolutamente normal do ciclo produtivo do Pinheiro Manso;

- O insecto Leptoglossus occidentalis está presente em Portugal e é uma espécie que pode atacar as pinhas do Pinheiro Manso bem como todos os outros frutos de coníferas. A sua dispersão está a ser monitorizada e está a ser estudado o seu ciclo de vida e eventuais efeitos na produção de pinhas.

Todo o que para além destes factos possa ser dito é pura especulação e em nada contribui para o futuro desta importante fileira agro-florestal e para o reforço da sua contribuição para a economia do País.

Lisboa, 05 de Dezembro de 2011

A Direcção da UNAC

Informações adicionais